PFW – Day 4

DAY-4A semana de moda de Paris já acabau! (Aaaaah :/) Mas vamos trazer tudo o que aconteceu todos esses últimos dias! (Eeeeh! o/)

O quarto dia foi um dos mais movimentados até então, já que Dior, Maison Margiela e Balenciaga estavam entre os nomes a desfilarem. Dior, com sua pegada mais moderna, apresentou muitas botas-leggings que mexeram com a cabeça de todos; e quanto a coleção de Maison Margiela, podemos dizer que John Galliano caminhou com confiança pela passarela Parisiense, se permitindo algumas bizarrices que deram certo para alguns, mas não tanto para outros. Quanto a Balenciaga, você a encontra na lista das melhores do dia, na minha opinião. 😉 Espero que gostem dos desfiles selecionados! Enjoy! 

PFW has come to an end! (Aaaaaaawn :/) But we are going to bring what has happened these past few days there! (Yaaaaay! o/)

This fourth day was the most fussy one so far, as Dior, Maison Margiela and Balenciaga where on the list of the shows of the day. Diorheading to a more modern direction, presented legging-boots that went directly to every fashionista’s list of favourites; the collection presented by Maison Margielashowed us John Galliano was full of confidence, which allowed him to add some bizarre elements to the show which pleased some critics and displeased others. And, if you scroll down, you’ll see Balenciaga‘s collection got into my list of favourites today! 😉 I hope you like the four ones I selected! Enjoy!

1. Talbot Runhof

talbot-runhof

 

Johnny Talbot Adrian Runhof são muito famosos por serem maximalistas que se inspiram em questões políticas para criar sua produção. Dessa vez, no entanto, eles decidiram voltar ao passado e acabaram se inspirando no livro O poder do estilo, mas precisamente em Harriet Kassman e Mona von Bismarck. Essa inspiração levou-os a criar peças com shapes largos, mas que poderiam pertencer a qualquer mulher elegante das grandes metrópoles. As peças chaves do desfile foram aquelas feitas de guipire adornadas com flores cortadas a laser que mais pareciam sair do tecido. As cores elegantes e a maneira como os looks foram dispostos deram um ar moderno às modelagens do passado e transformaram a mulher Talbot Runhof em uma poderosa chave para o sucesso.

Johnny Talbot and Adrian Runhof are known for being exuberant maximalists and they are usually inspired by politic events and people. This time, though, they headed another direction choosing to concentrate on the past and end up getting inspired by the book The Power of Style, more precisely in Harriet Kassman and Mona von Bismarck. This inspiration got them to create loose shapes, which can be worn by any elegant and contemporary woman who lives in big cities. The key pieces at this show were the ones made of guipire lace embroidered with laser cut flowers which looked like they were going to fly away from the pieces. The elegant colours and the way those looks were put together showed us a modern past and transformed Talbot Runhof‘s women into a power key for success.

2. Isabel Marant

isabel-marant

 

Mais uma coleção, mais peças que se tornarão peça chaves assim que chegaram às lojas. Isso porque se trata de Isabel Marant e, a cada temporada, algo lançado por ela se torna ícone de estilo, mesmo que já estivesse no mercada há décadas. No verão, foram as suas sandálias Carol que fizeram a cabeça de todo mundo; dessa vez, prepare-se para as calças de cintura alta, que vieram com toda força na sua coleção. Com uma composição em looks estampados ou lisos, as calças – saias e afins – de Marant só deixaram cada look singular e boêmio, trazendo um ar de clássico-selvagem que poucos designers conseguem criar, e ela o fez com segurança e colocou na passarela uma das coleções mais lindas, desejáveis e usáveis da temporada.

Another collection, other pieces that will become a must-have as soon as they get to the stores. And this is because we’re talking about Isabel Marant who, every season, brings something to the runway that automatically becomes a Fashion Icon, even if it has been out there for ages and no one had paid attention. On summer, her Carol sandals made every fashionista crazy about them; this time, get ready to fall in love with high-waisted trousers, which came out strong at this collection. Composing printed or not-printed looks, those trousers – and the skirts or any bottom piece – which Marant created made every outfit look singular and bohemian, bringing a classic-wild air to the runway that not every designer can put together. And Marant did it with a lot of confidence and created one of the most beautiful, desirable and wearable collections of this season.  

3. Andrew Gn

andrew-gn

 

Elegância e exuberância. Duas palavras para descrever o desfile de Andrew Gn desta temporada. Elegância porque, mesmo nos looks mais simples, o corte de alfaiataria, os tecidos nobres e os detalhes feitos à mão mostraram como uma mulher pode ser elegante em qualquer idade. Exuberância porque nenhum dos looks eram realmente simples; cada casaco, blusa ou vestido mostrava um trabalho árduo a cada detalhe. Seja pelas franjas trançadas à mão, ou pelos “colarinhos” de pele, cada detalhe elevava o look a um novo patamar na escala de técnica e se fazia presente numa coleção onde as texturas se destacavam em meio às formas e cores.

Elegance and exuberance. Two words to describe Andrew Gn‘s show this season. Elegance because even those looks which looked so simple showed a tailored cut, noble textiles and hand-made details, which proved that a woman can be elegant at any age. Exuberance because nothing was actually simple; each coat, top or dress showed a hard work behind it. Those hand-knotted fringes, those fur collars and any other detail took each outfit to the next level on a technique scale and made the textures become the main character among beautiful shapes and stunning colours.

4. Balenciaga

balenciaga

 

À primeira vista, você percebe que conhece a mulher por trás da Balenciaga. E você a conhece. Alexander Wang se inspirou na cliente original da marca, mostrando que ela quer cortes que sejam clássicos, mas que se encaixem à vida atual. Então, foi isso que ele fez; entre materiais de alta-costura, ele criou peças que mais lembravam os filmes de Audrey Hepburn no início da carreira: saias balão, vestidos e tops tomara-que-caia, calças de alfaiataria… Mas tudo, com uma atitude e alguns elementos modernos, como o uso do couro de forma estratégico, os metais e o caminhar de modelos que mostravam uma postura mais independente e contemporânea, como a mulher de hoje é.

At first sight, you realise you’ve seen Balenciaga‘s woman before. And, yes, you have. Alexander Wang got inspired by Balenciaga‘s origial clients to create this collection, showing us a woman who wants classical shapes, but who also want her wardrobe to fit these modern days. So, this is what he did; among couture materials, he created pieces that reminded me of Audrey Hepburn in her early days as an actress: bubble skirts, strapless dresses and tops, tailored trousers… But everything was put together with some modern elements and some present attitude, with some leather applied here and there, metals and the models walk, showing us an independent and contemporary woman, like the women of today are.

E aí, o que acharam? Só coisa bonita, né? Deixem a opinião de vocês nos comentários e não se esqueçam de visitar também nossa página no Pinterest! Beijos, amores, e até mais! Fran ❤

So, what do you think? Gorgeous pieces everywhere, right? So, leave us your opinion at the comments and don’t forget to visit our Pinterest page! Kisses, kisses, everyone! Fran<3

 

 

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s